Os mestres da enganação corporativa

Você os conhece. Claro que sim, já cruzou com eles no seu dia a dia corporativo. Certamente você já teve um líder ou liderados assim. Quem sabe você não os tenha visto, não tenha percebido ou então pode ter feito vista grossa já que tem muito tempo na função, está prestes a se aposentar e sua demissão custaria caro aos cofres da companhia.

A esta altura você já deve estar pensando quem são estes mestres em enganar os outros dentro de sua empresa. Vou te ajudar com mais detalhes.

Eles são as pessoas mais ocupadas deste mundo. Vivem em reunião, treinamentos, one a one, projetos, reestruturações. Alguns atingem o ápice da falcatrua e deixam o Zoom ligado o dia todo!!!, mas volta e meia são traídos pela própria mentira e postam suas fotinhos na academia e o Zoom segue lá, firme, ligado e com a mensagem de “não perturbe”!!!!

 São também ávidos motoristas, andam centenas de quilômetros em suas falas causando até confusão em quem ouve: “trocou de área, foi para logística?” Vai para um lado, vai para outro, diárias em hotéis são sempre uma constante em seu relatório de despesa, mas ninguém da equipe o vê nas cidades onde esteve.

Quando você liga, NUNCA atende, óbvio, estava ocupado. Se retorna, vem aquela mensagem de áudio de 3 minutos no WhatsApp que mais parece um podcast que explica os motivos de não ter atendido e termina com a célebre frase: “estou à disposição se quiser ligar”.

Ele também é “onipresente”, impressionante a sua capacidade de se multiplicar. Já ouvi, em mensagem (é claro) que ele estava visitando lojas, com aquele entusiasmo teatral de “meu tempo de casa me ensinou que é na rua que o negócio acontece”. Ele está certo!!! É na rua que o negócio acontece para quem trabalha em vendas, mas o abençoado se perdeu quando afirmou que estava com um vendedor que, casualmente, naquele dia estava comigo. 

Por fim, ele é um excelente batedor de palmas. Tudo o que o gestor dele faz, é prontamente aplaudido, elogiado, exaltado com frases de efeito do tipo “conte comigo”, “estou dentro, vamos lá dobrar o tamanho da companhia”, mas na hora de botar a mão na massa, como de costume, some. Aparece quando o gestor aparece. Aparece no final, com elogios a plenos pulmões para o que foi realizado, sem ele.

Lembrou? Claro que sim. Meu caro gestor, a inércia da sua liderança frente ao quadro de enganação que se apresenta dentro da sua equipe, debaixo do seu nariz, pode comprometer o engajamento de seu time e sua imagem.

Fique em cima, gerencie de perto, converse com o time, com clientes. Não estamos falando de problemas de desempenho e sim de comportamento desleal, com ausência clara de valores éticos. Técnica se ensina, caráter não. 

Quem poupa o lobo, sacrifica a ovelha.

Abraços,

Giuliano

Compartilhe este conteúdo
SOBRE O AUTOR
GIULIANO DESORDI

Giuliano Desordi é palestrante, administrador de empresas e treinador corporativo que traz para os palcos uma emocionante e impactante história de renascimento e superação.

Artigos recentes
VIDEO APRESENTAÇÃO
Reproduzir vídeo
ENTRE EM CONTATO

Sem papo de guru.
Aqui você vai encontrar somente experiências vividas na prática e que podem ser aplicadas diariamente na gestão de sua empresa.

Vamos desenvolver juntos a sua equipe? Aqui estão todas as formas que você tem para fazer contato.

Telefone

+55 (48) 99605 9047
+55 (48) 3246 5250

Ao informar meus dados, eu estou de acordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.